Instituto de Parapsicologia e Ciências Mentais de Joinville 

"Há 20 anos ampliando a percepção do Ser Humano."

Quer receber mais informações?

Contatos:

instituto@mente.com.br 

(47) 3422-6666 / 99630-2300

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • Google+ ícone social

Rua Otto Boehm, nº 972, Bairro Glória - Joinville/SC - Brasil 

AGENDE SUA CONSULTA

Parapsicologia Clínica é um investimento pessoal que possui diversas finalidades como: 
 

  • Desenvolver e estabelecer metas e objetivos pessoais, profissionais ou sociais; 

  • Despertar o autoconhecimento;  

  • Controlar, modificar ou eliminar hábitos, vícios, traumas, crenças, fobias ou medos;  

  • Controle de transtornos mentais como depressão, ansiedade, estresse, síndrome do pânico, concentração;  

  • Ajuda em problemas de relacionamento, sexuais. 
     

Portanto, a Parapsicologia Clínica lhe proporciona uma nova perspectiva e melhor qualidade de vida. 

 

Nosso atendimento inicia com uma avaliação, onde o(a) consulente conversa e expõe seus objetivos e queixas. Dessa forma, o Parapsicólogo irá traçar uma metodologia de atendimento e definir quais técnicas serão utilizadas, determinando o número de sessões (mínimo: 10 sessões). 

  

Todos os nossos Profissionais utilizam as técnicas mais avançadas e eficazes dentro das Ciências Mentais: 

 

- Hipnose / Reprogramação mental. 

- Regressão de memória / Vidas passadas. 

- PNL / Relaxamentos. 

 

O custo da avaliação é de R$ 100,00 com duração aproximadamente de 1h30min. 

Ligue Agora e Marque uma Avaliação! 

 

Horários disponíveis: 

                            Segunda e Quarta das 8h às 20h30min; 

                            Terça, Quinta e Sexta das 8h às 18h. 

Invista na pessoa mais importante do Universo: VOCÊ!

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A TERAPIA DE REGRESSÃO

Durante a Terapia de Regressão perco a consciência?

Não. A pessoa fica consciente de todas as situações que for experienciando, mantendo a memória dos acontecimentos ocorridos. A pessoa está simplesmente num estado diferente de consciência, podendo ver-se como ator e observador das suas experiências ao mesmo tempo.
 

Como é que consigo reviver experiências antigas durante a Terapia de Regressão?

É possível reviver experiências antigas através de um relaxamento profundo conduzido por um terapeuta. Existem pessoas que conseguem entrar em regressão espontânea durante o sono ou noutras situações de relaxamento mesmo sem o auxílio de um terapeuta. Outras podem mesmo ter acesso a conteúdos ditos de “vidas passadas”.

A Terapia de Regressão não é perigosa?

Não, pelo contrário, o estado de profundo relaxamento que a regressão provoca, traz uma sensação de extremo bem estar resultante de ser alcançado um estado de maior equilíbrio bioenergético. É utilizada não apenas para conhecer “vidas passadas” mas também para redução do stress, tratamento de fobias, dores crônicas, ansiedade, depressão, doenças psicossomáticas, etc. Muitos dizem ter medo de perder o controle durante a regressão, ou ficarem em “poder” do terapeuta – nada mais falso . Não é possível ser induzido numa Terapia de Regressão se não quiser. Toda Terapia de Regressão é uma auto-hipnose. O terapeuta só conduz o processo, é um instrumento para auxiliar a obter um relaxamento mais profundo.

Todos as pessoas conseguem fazer Terapia de Regressão?

A Terapia de Regressão é uma forma de hipnose consciente, a qual é a mais utilizada atualmente, sendo acessível a qualquer pessoa, desde que ela realmente queira, pois quem está a controlar o processo é a própria pessoa. Porém, quando o nível de ansiedade é alto, torna-se mais difícil obter um relaxamento completo, mas com exercícios e prática todos podem atingir o nível de transe.

A pessoa não se consegue mexer durante a Terapia de Regressão?

Somente se assim o desejar. Em geral as pessoas falam sobre as imagens que vêem, o que sentem, e muitos movimentam-se, gesticulam para ajudar a descrever suas sensações, abrem os olhos, riem, choram, mudam de posição, etc. E se algo estiver a incomodar durante o processo ou no ambiente do consultório, por exemplo, um inseto voando próximo da cara da pessoa, é freqüente espantá-lo com a mão ou sacudir a cabeça e continuar o seu relato, permanecendo no mesmo estado de relaxamento ou transe.

É fácil chegar a esse relaxamento profundo?

Quanto mais a pessoa confiar no terapeuta, estiver interessada no processo e se entregar sem reservas, mais fácil, rápido e profundo será o transe. Em geral, nas primeiras vezes, o relaxamento é mais superficial, pois a pessoa não sabe o que vai acontecer, está um tanto ansiosa. Mas com o tempo e a repetição é bem mais fácil. É comum, depois de algumas sessões, o cliente só pelo fato de entrar no consultório já se sentir mais relaxado.

Todos conseguem ver suas vidas passadas?​

O seu inconsciente, ou seu eu interno, está sempre no controle, ou seja, você próprio controla a situação. Dentro de você, há a resposta sobre o que é importante ver ou não, num determinado momento. Muitas vezes o terapeuta, por mais que tente, não consegue fazer com que você regrida. É o seu eu dizendo que não é o momento adequado, ou você não está preparado para ter essa experiência, ou as respostas de que você precisa não estão em “outras vidas”.

Como posso ter certeza de que a experiência foi realmente de uma vida passada?

As atuais pesquisas apontam para que a experiência vivida possa ter várias origens: vivência real da pessoa; vivência construída inconscientemente mas nunca vivenciada realmente e vivências de tipo transpessoal que podem ser de dois tipos: dita “vida passada” ou vivência de tipo inconsciente coletivo. Em alguns casos poderá ser importante confrontar a informação recolhida durante o processo confrontá-la com a realidade (nomes de pessoas, localizações, datas, outras fontes, etc.) e daí tirar as devidas ilações relativamente à sua veracidade. Este último método já há muito tempo é seguido no Tibete e na Índia para verificar ditas “reencarnações” de pessoas santas, como o Dalai Lama.

Contudo, em nossa perspectiva, o ponto realmente importante na Terapia de Regressão não é saber se a experiência foi realmente vivida pela própria pessoa. A questão importante a ser colocada é “Porque é que este conteúdo é importante para mim?”, “O que devo aprender com esta experiência?”, “Como é que esta experiência poderá a melhorar a minha vida?”. O que importa é analisar os conteúdos que o inconsciente traz à tona e como isso pode ajudar na resolução das dificuldades desta vida, a atual.

Mas isso não pode ser a nossa imaginação?

Pode, e algumas vezes isso acontece e noutras os conteúdos são misturados, como nos sonhos, em que vemos imagens de fatos que vivenciamos no dia-a-dia, símbolos com um significado pessoal, histórias que lemos, cenas de filmes a que assistimos e fragmentos de “vidas passadas”. Na verdade, é muito difícil a história de uma “vida passada” vir intacta, direta, com início, meio e fim. É como quando fazemos um relato de algo que presenciamos; não descrevemos somente aquilo que observamos, mas também colocamos nosso julgamento, comentários, interpretações, opiniões nossas e de outras pessoas.

Nesse caso, a terapia não faz efeito?

Através da Terapia de Regressão em geral, e da sua aplicação a “vidas passadas”, é possível ultrapassar bloqueios, angustias, dificuldades que nos afetam na atual situação presente. Situações que não foram bem resolvidas no passado e que precisam de ser reexaminadas a nível consciente. Se, para resolver determinado problema, o inconsciente trouxe algo fruto da imaginação ou de outro tipo é porque tais conteúdos são importantes naquele momento. O mais interessante é que os problemas são solucionados, não importando se são “vidas passadas” ou imaginação. Lembre-se: quem tem o controle do processo é o seu eu interior

Não há perigo de se ficar numa outra “vida passada”?

Não. Em primeiro lugar, porque não “se vai” para outra “vida passada”. A pessoa permanece no presente, sabendo onde está, consciente, ouvindo os sons ao seu redor e tem todo o controle de si própria. Mesmo se o terapeuta saísse da sala e não voltasse, a pessoa em estado de profundo relaxamento permaneceria assim por um certo tempo e retornaria naturalmente, ao seu estado normal, como se estivesse despertando de um sono.

É importante o terapeuta permanecer ao lado da pessoa?

Como já foi dito, é possível regredir a outras “vidas passadas” mesmo sozinho, mas como o processo terapêutico tem o objetivo de resolver algo dessa vida, o auxílio do terapeuta é importante para conduzir de forma mais objetiva e mais rápida ao fato que originou a situação. A presença do terapeuta é importante para auxiliar a pessoa, caso ela esteja a sentir-se perturbada com algo que vivencie. Isso é possível perceber mesmo que não seja falado, seja pela expressão do rosto, coloração da pele, respiração, gestos e variados sinais. O terapeuta conduz o processo de forma que a pessoa tenha acesso a essas memórias sem envolvimento emocional, se for o caso.

Por me lembrar de uma situação de outra “vida passada” que tenha relação com o problema atual fica o mesmo resolvido?

Não. Os conteúdos experienciados devem ser analisados e comentados para perceber de que forma eles estavam a bloquear a evolução da pessoa e, posteriormente qual é a “lição” a extrair. O passo seguinte é trazer esse conhecimento para a consciência do dia-a-dia e integrá-lo na pessoa para que possa utilizá-lo sempre que quiser.

Como é sentir-se noutras “vidas passadas”?

Essa é uma experiência única e pessoal. Mesmo de sessão para sessão pode haver diferenças. Algumas vezes, a impressão é de que se está a ter um sonho muito real. Noutras, é como se víssemos um filme. Em outras, é tudo tão claro e nítido que chega a espantar. Mas é sempre uma experiência enriquecedora.

Sempre conseguimos reconhecer nossos parentes e amigos nas pessoas que vemos noutras “vidas passadas”?

Não, nem sempre. Alguns reconhecem com certeza absoluta uma ou outra pessoa, vendo-as até com o mesmo rosto da vida presente (o inconsciente quer que a pessoa seja reconhecida sem dúvida alguma), outras vezes surgem dúvidas e o reconhecimento é feito por uma determinada característica, ou sensação. Muitos não reconhecem ninguém. Mas, pela experiência, sabemos que é muito pouco importante reconhecer ou não outras pessoas. O que interessa é o fato em si, a situação da vida que está a ser apresentada.

Esse tipo de Terapia de Regressão só pode ser utilizado por pessoas que acreditam em vidas passadas?

Errado. Qualquer pessoa pode beneficiar com a Terapia de Regressão, desde que ela seja indicada para o caso em questão. Quando não há a crença na reencarnação o processo é conduzido da mesma forma, e o cliente pode considerar os fatos que lhe vem à mente como conteúdos do seu inconsciente, fantasias, imaginação, não importa, o resultado é o mesmo.

Por que utilizar a técnica de Terapia de Regressão se o problema está no presente?

O problema no momento presente é simplesmente a ponta do iceberg, as suas raízes profundas estão em outros acontecimentos. Se tratamos só a “ponta do iceberg”, o problema atual, ele vai aparecer sobre outra forma mais tarde. A solução do problema passa por tornar consciente e aceite o que está por detrás de todos esses problemas. Ao aprendermos a “lição” que o problema nos quer ensinar já não faz sentido ter de passar pelo problema novamente e ele cessa por si.

Todos os problemas podem ser solucionados com a Terapia de Regressão?

Não. Cada caso é único e individual, e seria leviano citar distúrbios ou doenças que poderiam ser solucionados por este tipo de terapia. É necessário conhecer o cliente, o seu histórico de vida, a sua maneira de ser para se poder fazer a indicação do tipo de terapia mais adequada para o seu problema. Nessa altura, a escolha de um bom terapeuta é importante. Esclareça com ele todas as sua dúvidas, pergunte, fale, ouça e pergunte a si mesmo se, é esse o tipo de terapia ideal para você agora, e se é essa a pessoa que irá ajudá-lo.

Entre em contato conosco e marque a sua hora!

TRAUMAS

A maioria dos seres humanos têm traumas de infância. Traumas são momentos de sofrimento, descontrole emocional, perturbações psíquicas, que acontecem a todo momento, dependendo do tipo de vida que cada um vivencia. Os traumas começam desde a concepção.

 

Exemplo: Quando existe o processo de medo de engravidar, ao ser concebido no primeiro dia de gestação, a mãe passa ao embrião informações mentais através de seus sentimentos. Todo o medo de engravidar, mesmo de forma inconsciente, o embrião começa a receber vibrações de rejeição à vida e quando esta mãe toma conhecimento que está grávida, aumenta com muito mais intensidade o desespero e inquietude emocional contrária ao nascimento desta criança e com isso aumentando a programação de rejeição. Se esta criança nascer, certamente sofrerá em sua vida todo o processo de rejeição.

Uma das primeiras coisas que vão acontecer é o desenvolvimento do hemisfério direito do cérebro, desenvolvendo mais pela parte negativa, aumentando cada vez mais o medo de tudo até se transformar em fobia, sem contar com a tristeza que marcará esta vida e com isto prejudicando esta criança em todos os aspectos, na escola, aprendizado, adolescência, amizades, no amor e até na profissão. Acontece durante a gravidez o feto sentir a rejeição e se manifestar de forma contrária ao nascimento, provocando o aborto espontâneo. Durante a gestação acontecem muitos outros tipos de traumas.

Exemplo: Brigas, confusões dentro de casa. Tanto na gestação como durante a infância, a criança recebe todas as vibrações negativas dos acontecimentos imprimido automaticamente em seu subconsciente.

 

Os traumas acontecem em todos os lugares, em casa, na escola, na infância com os coleguinhas, na família e de um modo geral.Inclusive acontecem traumas até numa família feliz.

Exemplo: Um casal com apenas um filho, este filho certamente sentirá a falta de um irmão. Todos têm um ou mais irmãos, mas ele não tem. Mesmo compreendendo conscientemente , no inconsciente guardará uma tristeza de não ter um irmão, seria a mesma coisa de um filho sem pai. Quando um filho não tem pai ou não conheceu seu pai, ele fica triste, se traumatiza, definimos como trauma da solidão, e este trauma gera a insegurança emocional e financeira, insegurança do futuro, medo do amanhã.

Os traumas não acontecem somente na infância, é comum acontecerem traumas durante a adolescência a até mesmo após o casamento ou união. Quando alguém que você ama, por uma razão qualquer, talvez um descontrole emocional, tenta magoar você com palavras ásperas e até mesmo com agressividade física, certamente está gerando um trauma. Acontece também durante o ato sexual, quando o parceiro ou a parceira magoa o outro em relação ao sexo, muitas vezes acontece até de forma inconsciente, como um desabafo ou parecer natural.

 

Às vezes não é preciso falar algo para você se traumatizar, basta um olhar diferente com ar de interrogação ou de surpresa que será o suficiente para imprimir no subconsciente, gerando situações constrangedoras.(texto extraído do livro Meu Anjo Autor Parapsicólogo Fausto Oliveira)

Entre em contato conosco e marque a sua hora!

O PODER INFINITO DA SUA MENTE

A maioria dos traumas e bloqueios que impedem você de ser feliz, foram causados por situações que você presenciou ou vivenciou no período de gestação dentro do ventre materno, na primeira infância ou na adolescência.

 

Muitos destes traumas deixam marcas tão profundas em seu subconsciente em forma de programações mentais , que mais tarde na fase adulta causam sofrimentos sem que você entenda o “porquê” de determinados acontecimentos em sua vida.

É possível desprogramar estes padrões mentais negativos da sua mente através da TERAPIA COM REGRESSÃO DE MEMÓRIA .

Através das técnicas de Hipnose e Regressão você pode Livrar-se dos bloqueios sexuais de natureza emocional que impedem voce de ser feliz; tais como : ejaculação precoce , impotência, frigidez , falta de desejo sexual , entre outros. Você pode também livrar-se de: fobias , mágoas , sentimentos de rejeição , timidez , medos, falta de auto estima ,depressão, e outros.

Entre em contato conosco e marque a sua hora!

TERAPIA COM REGRESSÃO DE MEMÓRIA

A Regressão de Idade ou Memória é uma “viagem mental” no tempo, onde se visualiza imagens e sensações armazenadas no subconsciente identificando a origem dos traumas e bloqueios . Uma vez descobrindo-se as suas causas é realizado um trabalho de reprogramação mental, fazendo com que você compreenda ,veja e sinta o fato traumático sob outro ponto de vista de forma fria e natural e indiferente apenas como uma experiência que foi vivida e que serviu para o seu crescimento e evolução.

 

· Utiliza-se técnicas de relaxamento profundo , concentração e hipnose para acessar a memória do subconsciente e inconsciente onde estão armazenados as informações dos traumas e bloqueios que fazem você sofrer.

· Não há perigo algum em se fazer uma Terapia com Regressão de Memória , pois você não vai a lugar algum. Apenas acessa esses registros que estão armazenados em sua memória e passa pelo processo de resignificação, compreendendo o seu passado e vendo de uma outra forma não traumática.

Entre em contato conosco e marque a sua hora!

VIVA MAIS FELIZ

Uma coisa é certa. Após você fazer uma Terapia com Regressão de Memória a sua vida não será mais a mesma.

 

  • Você será uma pessoa mais segura, mais autoconfiante , com muito mais auto estima e determinada em busca dos seus sonhos e desejos, tornando-se com certeza bem mais feliz.
     

  • Compreenderá a razão pela qual certos fatos ocorrem em sua vida , pois você é vítima de suas próprias programações mentais conscientes e inconscientes.
     

  • Você muitas vezes, investe em bens, imóveis e esquece de você mesmo , trazendo consigo marcas do passado que a fazem sofrer no presente , impedindo que você atinja seus objetivos, as suas metas, e se realize como ser humano.
     

  • Nós podemos lhe ajudar a encontrar soluções.
     

  • Você sabe que pode mudar o seu destino ? Então, o que está esperando ?
     

  • Invista na pessoa mais importante do mundo . Você merece sempre o melhor.

Entre em contato conosco e marque a sua hora!